Pular para o conteúdo principal

Uma noite arrepiante



Ontem passei por um probleminha estomacal. Resultado de um lanche tipo daqueles que os adolescentes fazem em época de crise existencial. 03 coxinhas enormes de frango + pedação enorme de bolo de chocolate+ biscoitos salgados + 1 litro de iogurte batido com suco de frutas. Que gerou um turbilhão de causas, reações e consequencias que só acontecem comigo. Tudo que é estranho, sinistro e diou (diou que dizer DE OUTRO MUNDO).


Sandra quando soube do lanche já deve ter tido uma visão do futuro. A imagem que deve ter vindo na mente dela seria eu sentado no trono reinando por um longo tempo. E foi isso que aconteceu.
O barulho parecia trovoadas (cheguei a ir à janela para ver se ia mudar o tempo, daí saquei que era minha barriga com esse efeito sonoro assombroso) E depois a sinfonia tempestiva passou e veio a aquela dor desafinada e estrangulatória. Parecia que o intestino grosso estava estrangulando o intestino delgado que ficava aos berros estridentes com o ataque.


E a reação do corpo foi imediata de ir ao trono (banheiro, vaso) Pense que não existe alivio mais prazeroso do que chegar ao trono numa situação dessas.
A Drica e a Sandra devem estar pensando: MEU DEUS, NUM ACREDITO QUE ELE VAI CONTAR SOBRE A DIARREIA.


Vou sim, e daí? A diarréia é minha, e se quero contar eu conto.
Se bem que no meu caso de ontem não era diarréia, já era caso de JATORRÉIA.
Ainda bem que sobrevivi.

Nossa. A Sandra ficou morrendo de vergonha com essa minha postagem.
Mas me digam. Vocês nunca tiveram uma dor de barriga DAQUELAS?

Comentários

  1. Principe Encantado17 de outubro de 2009 08:06

    kakakaka A gula kakaka
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Viu o que faz a gula, bem vc não precisa ser tão detalista, mas agora já foi né!!
    Quendo comecei a ler teu post já me deu vontade de vomitar....kkkkkkk
    e sabe de uma coisa ontem eu tbm estava mal do estômago tomei um sonrisal somente a noite quendo meu marido chegou.
    da próxima vez toma um que melhora!!!
    bj

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que a diarréia não foi dquelas mais rápidas do que a luz e o pensamento...Quando bate, não dá tempo de pensar e nem de acender a luz!
    Rsrsrs!
    Coisa horrorosa! Rsrsr
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Tá certissimo ... a comida é sua, a barriga é tua e o c... também .. então pronto .

    ResponderExcluir
  5. Sem comentários rsrsrs...
    (Esse Joselito é f... rsrsrs)
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Coisas da vida, todo mundo já teve a sua ou vai ter um dia!!! Isso é certo!

    ResponderExcluir
  7. Se vc soubesse da minha vida, saberia que já tive muitas diarréias daquelas...rsrs
    É ruim demaisssssss
    Bjos!

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkkkkkk
    o pior é ter estas crises na rua,,sem um banheiro decente para "cocozar" kkk

    abraços

    ResponderExcluir
  9. Querido Diego todos nós já tivemos e ainda teremos, caso a "gula" ou alguma rejeição no corpo fale + alto. Mas são coisas da vida hauahaua, ontem vc falou realmente teve seu dia de Rei, passou a maior parte no trono enviando email pra Brasilia.... hauhauaa

    melhoras em amigo, gosto muito dos seus posts..

    bjao

    ResponderExcluir
  10. Diego!! Eu já fiz essas "M" de comer mistureba e depois... bom... eu tenho muita facilidade de vomitar. Tanto assim que minha filha já sabe, olha para minha cara e diz "vai?!"

    É que eu tenho um estomago sensivel, depois de tirar a vesícula tomo o maior cuidado, porém não sou de ferro e tambem misturo tudo como milkshake, depois rezo, faço promessas e passo mal... claro!

    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…

A fórmula da hipocrisia

A Fórmula E por aí vai esse processo de coar e engolir. Coar e engolir. Coar e engolir (…). As máscaras da hipocrisia tapam para que os outros não vejam os seus próprios erros. Cobram para não serem cobrados. Requerem para não serem requeridos. Acusam para não serem acusados. Essa é a fórmula da hipocrisia: coar mosquitos e engolir camelos. Nas mãos possuem um pequeno coador que investiga os erros dos outros. No estômago, milhares de camelos, frutos das suas faltas pessoais. O coador filtra os mínimos pecados alheios. A garganta, que é o coração, observa a passagem de uma manada dos seus pecados. Como atores profissionais têm a capacidade de interpretar, fingir, enganar e até chorar se necessário. As máscaras demonstram homens ideais e mulheres perfeitas. Cuja aparência é digna de prêmio de integridade. Porém, chega o momento em que o camelo “entala” nas gargantas. A máscara é removida, quando não estilhaçada. Vislumbra-se, então, o ser humano na sua essência: Arrogância, infidelidade, …