Pular para o conteúdo principal

Pseudolalia - Doença da mentira


Pseudolalia - Doença da mentira
A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdade.

Existem, além destas, um outro tipo de mentiras: as provenientes do chamado mentiroso compulsivo, que mente sistematicamente e aparentemente sem razão.
Aqui estamos já a lidar com alguém para quem a mentira assume contornos de dependência, tal como o álcool ou a droga.
A mentira torna-se um vício, já que é dita de forma compulsiva, ou seja, o mentiroso tem consciência que está a mentir mas não consegue controlar esse impulso. fonte CORPO E MENTE
O vício compulsivo de mentir é a fuga da realidade

Agência Unipress Internacional
Por Nilbe Shlishia
A pseudolalia é uma doença grave. Trata-se do vício compulsivo de mentir. Segundo psiquiatras e psicólogos, a prática freqüente de viver uma situação imaginária pode ser o resultado de uma profunda insegurança emocional, além de traumas de infância. A atitude funciona como um mecanismo de autodefesa para pessoas que apresentam um quadro de carência acentuada.

Estudos comprovam que crianças vítimas de uma educação julgadora, imposições, disciplinas rígidas, e que por vezes vivem dominadas com autoritarismo, são fortes candidatas à doença.

Pesquisas também demonstram que uma pessoa que carrega o vício de mentir pode não conseguir se controlar, tornando-se semelhante a quem tem o vício do jogo ou é dependente de drogas ou álcool.

Visão de quem entende

Na opinião da dra. Leila Cury, Livre Docente, que já tratou vários casos de pseudolalia, a compulsão pela mentira é uma distorção.

"Existem pessoas que chegam ao ponto de não saber mais o que é verdade. Embora o assunto seja mais voltado para a criança, há muitos adultos vivendo o problema, o que torna a situação ainda mais grave", disse a médica.

Segundo a dra. Leila, é muito mais fácil trabalhar o problema na infância do que na fase adulta.

Quando a mentira vira uma doença
Por MARCIA CEZIMBRA
Agência Globo
Para que mentir? A pergunta que Noel Rosa e Vadico transformaram em canção aflige tanto pais de pequenos mentirosos quanto a mulher que surpreende o marido com desculpas esfarrapadas. Para que mente o menino que insiste em contar aos pais e amigos façanhas inverossímeis? O psicanalista Wilson Chebabi afirma que as crianças mentem porque desejam dar aos seus pais a versão que, supostamente, estes gostariam de ouvir.
"Estes pais precisam se examinar para verificar se não estão impondo aos filhos os seus desejos e se interessando pouco pelos desejos dos filhos. O colapso da atividade de brincar é o que agrava a intensidade da mentira. Se, ao invés de mentir, a criança tem a chance de brincar, pode chegar bem perto da satisfação de seus desejos. Hoje, cada vez mais, a adolescência é uma extensão da infância, sem as possibilidades de satisfação desta, na brincadeira. No casamento, a mentira se dá dentro do mesmo processo: ambos tentam ser o que gratifica o outro para que o outro também se sinta gratificado".
Há mentiras que indicam crises de auto-estima. O psiquiatra infantil Alfredo Castro Neto atende crianças de classe média que estudam em colégios de luxo e mentem por questão de status. "Estas crianças se sentem socialmente humilhadas. A mentira, para elas, é uma defesa". Já o adolescente mente para se proteger de pais invasores ou repressores. A menor R.B., de 17 anos, por exemplo, diz que vai dormir na casa da amiga, mas dorme com o namorado. "Se eu disser a verdade, não poderei sair de casa", justifica-se.
O psicanalista Alberto Goldin vê a mentira do adulto como necessidade, às vezes compulsiva, de obter lucro ou prazer. "Há duas espécies de mentira: a que prejudica alguém é diferente da mentira social. A mentira compulsiva é uma doença, mas a verdade compulsiva também é. Não se pode falar a verdade o tempo todo. Por isto, é difícil julgar mentirosos quando se trata da relação amorosa. Mentir, evidentemente, não é o melhor modo de se relacionar. Mas, às vezes, é a única opção. Os contratos humanos expressam a força e também a fragilidade da condição humana".
O mentiroso compulsivo, para Wilson Chebabi, só deixa de mentir quando aceita sua própria precariedade. "O problema mais grave na mentira é social. A sociedade mantém convenções que são incompatíveis com a condição humana. O sujeito mente porque não suporta o conflito penoso e irremediável entre seus desejos e a frustração imposta pela realidade. Numa sociedade menos hipócrita, este conflito entre o desejo e a realidade permaneceria, mas seria melhor administrado". A resposta à pergunta de Noel Rosa talvez seja simples: o sujeito mente para tornar a realidade menos frustrante.

Comentários

  1. bom dia
    seu post de grande valia.

    Favoritei,

    muito bom,
    conheço muito
    esta area
    atenciosamente
    edilene-amor

    ResponderExcluir
  2. Olá parceiro, estou abrindo vagas para quem quiser fazer parte da equipe Linka Nisso. Caso esteja interessado, leia mais na página 'http://linkanisso.blogspot.com/2009/08/seja-membro-da-equipe_10.html'. A preferência é pra quem é parceiro do meu blog ou do ln.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. É verdade, a mentira anda solta por aí... e quem nunca contou uma que atire a primeira pedra!
    Só não podemos fazer disso um hábito, para que não se torne uma doença!

    ResponderExcluir
  4. Muito interessantes estas análises. Dizer mentiras compulsivamente é uma doença, mesmo!
    Ainda falta ali um grupo: os que omitem a verdade. Ou seja, aquelas pessoas que, não dizendo mentiras voluntariamente, tentam não dizer a verdade através de fugas à pergunta directa. Normalmente a uma pergunta directa dizem a verdade.

    Abraços
    Luísa

    ResponderExcluir
  5. cara isso foi interessante temos um caso na familia não diagnosticado mas minha madrinha ela mente mente mente o tempo todo esquece as mentiras conta novas por cima sabe chega a ser ridiculo, agora sei que ela tem um disturbio.

    ResponderExcluir
  6. Tem gente, que infelizmente conheço, mente de tal maneira que consegue enganar perfeitamente, com a maior cara lavada!

    ResponderExcluir
  7. tem muito mentiroso que acredita na própria mentira

    ResponderExcluir
  8. kara asistimos tvs novelas filmes alimentamos nossas mentes com porcaria, não seria justo fantasiar um pouco? talves ñ cópias e ma copias , criadores nunca mas mas e ai que dierença faz........

    ResponderExcluir
  9. SOCORRO ....EU POSSO TER ESSES MESMOS PROBLEMAS COM A MENTIRA.......PRA SAIR DESSAS O QUE TENHO QUE FAZER ME AJUDE E ME PROCUREM NESSE ENDEREÇO ELETRONICO CAMELINA_MEIRA@HOTMAIL.COM PRECISO DE ALGUEM PRA CONVERSAR E ME NORTIAR POIS TOU PERDIDA E ADMITO QUE ESTOU MUITO MAL COM TUDO ISSO QUE EU PROVOCO SEM TER NOÇÃO..... QUEM LER E ME PUDER ME AJUDAR ...CON CONCELHOS OU QUALQUER COISA POR FAVOR ME ESCREVAM!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Estou precisando de ajuda, menti tanto pro meu marido que acabei me separando. O que eu faço, estou perdendo tudo! Se alguém puder me ajudar meu e-mail é cristiane_mourao@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Tenho um filho de 24 anos que mente,mente imenso.Maior problema não admite que tem esta doença :( tanto eu como o irmão de 16 anos sofremos muito com isto:(

    ResponderExcluir
  12. Por vezes me pego mentindo por bobagens. coisas que nao fazem sentido, para me mostrar e acabei perdendo a credibilidade com pessoas importantes do meu convivio social. O que devo fazer ? Sera que se eu assumir algumas coisas isso passa. To me sentindo muito mal com isso.

    ResponderExcluir
  13. Uma pergunta,
    Como saber que uma esposa que mente por tudo é doente e não mau carater ???

    ResponderExcluir
  14. Importante a divulgação desta. Terminei uma relação de dois anos por este problema. No inicio da relação ele mentia que vivia em Londres com um amigo e a esposa do amigo e dividiam a mesma casa. Havia dito que já estava separado e que não mantinha contato com a ex. Sem querer, olhando fotos no orkut, percebi que o local onde ele aparecia recentemente nas fotos era o mesmo local que a ex. mulher também aparecia em fotos do orkut, então comecei a comaprar as fotos e descobri que ele estava mentindo, na verdade morava ele, a ex. mulher e um amigo comum do casal.
    Quando confrontado, surtou, me chamou de louca, disse que eu estava pesquisando a vida dele, que eu estava buscando problemas, enfim...precisei mostrar as fotos, para só então ele admitir a mentira!
    Outras situações aconteceram neste nível, mentia, eu acabava indo atrás, descobria, ele surtava feio, chegando ao ponto de ter crises nervosas e até desmaio. Isso sempre acontecia quando era desmascarado. É claro que antes de mostrar-lhe as provas, ele dizia que eu era louca e que vivia inventando coisas, ao ponto de eu me perguntar se estava mesmo louca!
    Em um outro episódio ele parou no hospital, sentiu dores abdominais, que se confundiam com apendicite, mas comecei a perceber que as dores apareciam sempre que ele se estressava.
    A relação chegou a um ponto insuportável, e ele não admite que existe um problema, chegamos a procurar um psicólogo mas pra minha surpresa ele mentiu pro profissional dizendo que as coisas que eu estava relatando haviam acontecido antes de nos conhecermos! juro! Só não surtei pq era capaz de eu sair amarrada em uma camisa de força, tamanha é a encenação dele...
    Após a consulta ele disse que eu precisava ter paciência, e que as coisas seriam ditas aos poucos! Eu fiquei indignada...
    Pior é que já passou por três casamentos que terminaram por causa das mentiras, e uma das mulheres relatou que eram muitas vezes mentiras bobas, sem razão de existir...
    Gosto muito desta pessoa e queria muito ajudá-lo pois sei que sozinho a tendência é piorar ainda mais e fico preocupada que ele acabe com a própria vida como chegou a pensar algumas vezes!
    Só não sei se isso também é mais uma de suas mentiras...
    Alguém pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  15. VC. diz que gosta dele; mas em primeiro lugar vc. deve gostar de si. vai ser felez com alguém capaz de lidar com as realidades. pois a vida não é uma ficção. a vida é real o tempo todo.

    Ele NÃO suporta conviver com o que concreto.
    E Vc. jamais poderá crescer, ampliar o seu horizonte, de mãos dadas com alguém que vive fantasiando coisas. urgentemente, desperte desse sono espiritual, PONHA OS PÉS NO CHÃO.

    Abraços.
    Nele que É verdadeiro.
    pr.Aldair.

    ResponderExcluir
  16. u convivo a muito tempo com uma pesso que é impossivel acreditar no que ele diz. ele mente descaradamente, e as veses é ate possivel que esteja falando a verdade mas como acreditar se ele esta falando a verdade já que a credibilidade dele esta lá embaixo.este é meu marido.

    ResponderExcluir
  17. como acreditar que uma pessoa esta falando a verdade se ela mente o tempo todo?
    me ajude. marta-reijane@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Minha mãe está com essa doença.Já faz muitos anos que ela é assim,eu e minha irmã não aguentamos mais ouvir as mentiras que ela conta,sendo que nós somos testemunhas oculares de que é realmente mentira o que ela diz e ela sabe também que está mentindo,mas continua afirmando que é verdade. É insuportável ouvi-la dizer foi à lugares que sabemos que ela nunca foi,que conhece gente que nunca conheceu,que é doutora ( detalhe: Ela mal sabe ler e escrever)Quando eu e minha irmã pegamos ela na mentira,e não há mais argumentos para defesa ela parte para a agressão física! ( Minha irmã tem 30 anos é graduada em enfermagem,e eu sou casada,tenho 33 anos ,estudante de Direito) Não aguentamos mais essa situação,por isso achamos que ela está doente,e deveria procurar ajuda médica,mais ela não aceita, diz que não é doente.Quando falamos: _ Mãe pare de mentir!!
    _ Isso nunca aconteceu,e vc sabe muito bem disso!!Vc nunca foi à tal lugar, eu é que fui,te contei como foi a viajem,e agora vc fala para as pessoas que viajou para tal lugar e diz como é,devido ao que eu te contei! Isso mentira!! Pare com isso !! Isso não é normal!! Então ela diz: _ tá me chamando de mentirosa?!! Minha própria filha me chamando de mentirosa!!
    Ela mente por qualquer coisa,situação ,ocasião,ela vive de mentiras,nós que sabemos quando ela está mentindo,ficamos horrorizadas de como a mentira sai fluentemente,sem peso de conscência nem nada!!! Ela precisa de um psiquiatra,mas ela diz que nós estamos loucas que ela não faz nada disso!! SOCORRO!!

    ResponderExcluir
  19. Bom, eu estou com o mesmo problema que algumas pessoas aqui, meu irmão tem 30 anos e menti sem parar, conta coisas absurdas para pessoas conhecidas como que tem carros e muito dinheiro, chegou a contar que atropelou e matou uma pessoa, vive uma fantasia e o pior tem uma filha de 8 anos que vê tudo e ta mentido e inventando coisas como ele, ja cheguei a desmascara-lo pra namorada afim tentar frear isso tudo mas nada. Minha familia esta desnorteada com tudo o que acontece, minha mãe entrou em depressão e tudo virou uma bagunça, ele não admite que precisa de ajuda, que incompreendido nos faz pensar que somos as piores pessoas do mundo mas so queremos ajudar. Não sei que fazer. Precisamos muito de ajuda.

    Thalita
    thalita_limapereira@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  20. Cara,tenho uma prima,atualmente moro com ela que mente absurdamente,cada dia ela inventa uma mentira nova,eu como não cofio nela evito contar detalhes de minha vida pessoal,por dia ela conta mais de 30 histórias falsas e não são mentiras chamadas sociais,ela mente tanto que até se convence de que alguém está acreditando nela.O ruim é que eu nunca sei quando ela fala a verdade,se um dia ela me ligasse e dissesse que foi sequestrada eu diria:que morra,sei que não é verdade.Sério...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…

Dia do inimigo

Muita gente critica a comemoração do Dia do Inimigo. Dizem que é mais uma jogada comercial, uma data inserida no calendário apenas para aumentar os lucros de pistoleiros e espancadores profissionais.Mas nós, que somos de raiz, sabemos apreciar o espírito da coisa. E damos o maior valor àquela tramóia simples, executada sem grandes orçamentos, mas planejada com muito ódio no coração, que é o que importa. Inimigo de verdade não se importa com inflação, crise de alimentos, essas bobagens. Isso só motiva mais.
E como a data se aproxima, hoje vamos fazer um teste para você ver se está pronto para comemorar: 1 – Quantos inimigos você tem?
a) 0
b) 1
c) De 2 a 10
d) Parei de contar2 – Você já se reconciliou com um inimigo?
a) Sim
b) Nunca
c) Algumas vezes, para esfaquear pelas costas em seguida
d) O que é “reconciliar”?3 – Qual o maior motivo para iniciar uma inimizade?
a) Dinheiro
b) Ciúme
c) Inveja
d) Não preciso de motivos4 – Seu(sua) inimigo(a), vamos reconhecer, dá o maior caldo. Você pegaria?
a) Nem …

Alerta as mulheres - Cuidado com as hemorragias na menstruação.

A minha amada por um bom tempo sofreu de hemorragia na menstruação. Ela achava que seria normal, ou algo do tipo que médicos dizem ser disfunção hormonal, ou outra coisa boba. Mas não é! Até o momento que essa hemorragia acaba por interferir na sua vida sexual e principalmente afetando sua saúde. O problema do ser humano, é só procurar ajuda médica quando o problema já está avançado. Então mulheres! Vocês têm que dá um stop aí na sua rotina e tirar um tempo para fazer um check-up e ter a consciência tranquila que fez a sua parte. Não faça isso pensando apenas em você. Pense também, nas pessoas ao seu redor que não se vê nessa vida sem a sua presença. Alguém que te ama, quer você bem porque precisa do seu amor e sua atenção.
"Você já se imaginou ficando menstruada por 3 meses ou mais ininterruptamente? Pois é, não é normal, mas acontece com mais freqüência do que se imagina. No Brasil, essa é uma queixa constante e crescente, em média 30% das mulheres em período reprodutivo se que…