Pular para o conteúdo principal

O amor que mata sem querer


 
Objeto de admiração em todos os tempos é Órion com a Ursa Maior e as Plêiades, das constelações mais antigas. Com exceção do "carro" da Ursa Maior, o "cinturão de Orion" é provavelmente o mais conhecido e o mais popular de todos os grupos estelares. Mais conhecido popularmente como "as 3 Marias" ou "os 3 Reis Magos". Nos antigos catálogos, Orion é representado por um caçador belo e exímio caçador.






Numa lenda grega, Diana, a deusa-Lua, apaixonou-se perdidamente pelo belo e hábil caçador, passando muito tempo com ele. Seu irmão Apolo, o deus-Sol, furioso ao vê-la negligenciar os seus deveres de caçadora, enviou um escorpião para matar Orion. 



O escorpião mordeu Orion, que caiu ferido mortalmente. Zeus para consolar Diana, colocou Orion entre as estrelas. Assim a deusa-Lua pode vê-lo quando viaja no seu carro de prata. A base astronômica do mito é o fato de a constelação de Orion se pôr exatamente quando a constelação do Escorpião nasce, tal como se este perseguisse o herói. Mas colocou-o em posição oposta à do seu vencedor, de forma que os dois inimigos pudessem estar nos céus sem nunca se verem. Assim estão até hoje: quando a Primavera começa, Orion desaparece no brilho do Sol; quando o Outono aparece, o perigoso escorpião é engolido pelo horizonte do ocaso.




Obs: O amor e sua diferenciada forma. A amiga Sissym, fez uma bela poesia falando do amor de Órion e Artemis.(http://blogzoomideiasdafadasemfim.blogspot.com/2009/09/amado-na-constelacao.html) E eu cometei que, meu vô paterno me deu apelido de "Órion" desde pequeno, acertando que eu seria grandinho né? ahahaha. Mas também há outra coincidência. Minha sina e karma de relacionamentos com mulheres de escorpião. E vamos dizer que, 80% das mulheres que tive relacionamento, elas são de escorpião. E resumindo, os relacionamentos eram tempestivos, arrebatadores, explosivos e regados de ciumes (por parte delas), e o término era um suplício. Enfim, uma sina mesmo. E olha que eu só sabia em relação ao signo muito depois de iniciar o namoro. Daí comecei a pensar, (incrível, a aproximaçao e a atração que rola entre eu e essas escorpianas. Seria vingança? ahahahah)
Mas concluo que, existe a minha caçadora sim, a minha DIANA. A mulher da minha vida.






Fonte(s):



Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

A fórmula da hipocrisia

A Fórmula E por aí vai esse processo de coar e engolir. Coar e engolir. Coar e engolir (…). As máscaras da hipocrisia tapam para que os outros não vejam os seus próprios erros. Cobram para não serem cobrados. Requerem para não serem requeridos. Acusam para não serem acusados. Essa é a fórmula da hipocrisia: coar mosquitos e engolir camelos. Nas mãos possuem um pequeno coador que investiga os erros dos outros. No estômago, milhares de camelos, frutos das suas faltas pessoais. O coador filtra os mínimos pecados alheios. A garganta, que é o coração, observa a passagem de uma manada dos seus pecados. Como atores profissionais têm a capacidade de interpretar, fingir, enganar e até chorar se necessário. As máscaras demonstram homens ideais e mulheres perfeitas. Cuja aparência é digna de prêmio de integridade. Porém, chega o momento em que o camelo “entala” nas gargantas. A máscara é removida, quando não estilhaçada. Vislumbra-se, então, o ser humano na sua essência: Arrogância, infidelidade, …

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…