Pular para o conteúdo principal

Colocar fotos de crianças on-line é muito mais perigoso do que você pensa.

Este primeiro post apareceu na CNET News.com
Tem havido muita preocupação com os jovens postando quantidade de informação muito sobre si mesmos , mas um estudo encomendado pela empresa de segurança AVG descobriu que 92 por cento das crianças dos EUA têm algum tipo de presença on-line na fase dos dois anos de idade. Um terço das mães dos EUA divulgaram fotos dos recém-nascidos.

(Crédito: Larry pais)

AVG Chefe do Executivo, JR Smith reconheceu que "é completamente compreensível que os pais orgulhosos que deseja fazer o upload e compartilhar imagens de crianças muito pequenas com amigos e familiares", mas ele aconselhou os pais a lembrar que eles estão "criando uma história digital para um ser humano que vai seguir-lhe para o resto de sua vida. "
Smith faz um bom ponto. Eu não me preocupo em colocar uma criança em perigo simplesmente compartilhar suas fotos on-line, mas eu acho que é importante que os pais consideram que seus filhos um dia se transformar em pré-adolescentes e adolescentes que possam ter alguns problemas com fotos do seu bebê flutuando em torno da web.  Além disso, ser cuidadoso sobre que tipos de fotos que você postar. Fotos que podem ser adequados para a visão da família pode ser inadequado, se compartilhada com o público em geral.
A pesquisa da AVG, também reforça a necessidade de os pais a pensar sobre as configurações de privacidade em seus perfis de redes sociais, incluindo não apenas manter, mas outros sites, como Flickr, Picasa e YouTube. Todos estes sites têm configurações de privacidade que podem limitar quem pode ver o quê. Facebook permite que os membros de controlar quem tem acesso a fotos e outros meios de comunicação compartilhada em um post-a-post.
Dito isto, há sempre a possibilidade de que alguém com acesso pode copiar, armazenar ou transmitir qualquer coisa que você postar.

Postagens mais visitadas deste blog

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…

Dia do inimigo

Muita gente critica a comemoração do Dia do Inimigo. Dizem que é mais uma jogada comercial, uma data inserida no calendário apenas para aumentar os lucros de pistoleiros e espancadores profissionais.Mas nós, que somos de raiz, sabemos apreciar o espírito da coisa. E damos o maior valor àquela tramóia simples, executada sem grandes orçamentos, mas planejada com muito ódio no coração, que é o que importa. Inimigo de verdade não se importa com inflação, crise de alimentos, essas bobagens. Isso só motiva mais.
E como a data se aproxima, hoje vamos fazer um teste para você ver se está pronto para comemorar: 1 – Quantos inimigos você tem?
a) 0
b) 1
c) De 2 a 10
d) Parei de contar2 – Você já se reconciliou com um inimigo?
a) Sim
b) Nunca
c) Algumas vezes, para esfaquear pelas costas em seguida
d) O que é “reconciliar”?3 – Qual o maior motivo para iniciar uma inimizade?
a) Dinheiro
b) Ciúme
c) Inveja
d) Não preciso de motivos4 – Seu(sua) inimigo(a), vamos reconhecer, dá o maior caldo. Você pegaria?
a) Nem …

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…