Pular para o conteúdo principal

Aprenda a se defender de ameaças,calúnias, injúrias e difamações na web

Saiba o que fazer - A constituição brasileira já é capaz de julgar a maioria dos crimes cibernéticos no país, inclusive identificando criminosos anônimos em sites de relacionamento. Então, aprenda a se defender de ameaças, cópias de identidade, calúnias, injúrias e difamações na web:
- antes de mais nada, será necessário prestar queixa-crime junto a autoridade policial mais próxima de você;
- para isso, preserve todas as provas possíveis, imprimindo e salvando o conteúdo dos sites e dos diálogo suspeitos. Esse material ajudará como fonte de informação para a investigação policial, mas não servirá como prova em juízo. Porém, uma alternativa para registrar as provas on-line, seria recorrer a um cartório e fazer uma declaração de fé pública (autenticando o material);
- algumas localidades contam ainda com delegacias especializadas em crimes cibernéticos. Em Pernambuco, acesse o endereço www.sds.pe.gov.br/delegaciainterativa e faça a queixa on-line;
- depois desses procedimentos, solicite a remoção da página ilegal do ar enviando uma carta registrada ao prestador do serviço.
- Para mais informações, utilize a ajuda de um advogado ou de uma ONG especializada em combater crimes virtuais, como a SaferNet Brasil (www.safernet.org.br). 

fonte: Safernet


É muito fácil um engraçadinho (a) anônima criar um perfil qualquer, entrar na nossa rede diHITT e se achar o todo poderoso e cometer o crime de ofensa e difamação. São os conhecidos como os  “covardes virtuais”. Se duvidar, são mais covardes ainda no cara a cara.
Depois que essas criaturas pérfidas são banidas da rede, ainda se escuta os latidos (esbravejando) que vai atrás de você, ou pegar você. Só que esses espíritos de porcos, não perceberam que agora existem leis, e quem acaba sendo pego, sãos eles mesmo.
Se você está sendo vítima, sendo pressionado psicologicamente, saiba que existe onde e como fazer a denúncia. E não se esqueça de salvar todas as ofensas, injúrias etc. Servirão como prova como exemplo “emails ofensivos, scraps, depoimentos, postagens, qualquer item relacionado ao criminoso”. 

Os crimes virtuais podem ser denunciados nos seguintes locais, dependendo do estado em que voce mora:

São Paulo:

Divisão Cibercrimes SSP-SP - 4ª Delegacia da DIG/DEIC
Avenida Zack Narchi,152 - Carandiru, São Paulo-SP OBS: perto da antiga detenção do Carandiru, próximo ao Center Norte, estação do metrô do carandiru
Telefone: 0xx11 - 6221-7011 - ramal 208 / 0xx1 - 6221-7030
E-mail: dig4@policia-civ.sp.gov.br (dig4@policiaSEM-SPAM-civ.sp.gov.br)

Rio de Janeiro

Divisão Cibercrimes SSP-RJ - Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI)
Endereço: Rua Professor Clementino Fraga nº 77 - Cidade Nova (prédio da 6ª DP), Rio de Janeiro, RJ
Telefone: 0xx21 - 3399-3203/3200
E-mails: drci@policiacivil.rj.gov.br (drci@policiacivilSEM-SPAM.rj.gov.br) / drci@pcerj.rj.gov.br (drci@pcerjSEM-SPAM.rj.gov.br)

Minas Gerais:

Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra a Informática e Fraudes Eletrônicas - DERCIFE
Endereço: Av. Antônio Carlos, 901 - Lagoinha - Belo Horizonte - MG
Telefone: 0xx31 - 3429-6024 | Horário de Atendimento: 08:30 às 18:30 horas

Distrito Federal

Divisão Cibercrimes SSP-DF - Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Tecnológicos (DECAT)
Endereço: SAIS Sudoeste Bloco D Prédio DPE, Brasília, DF, 70.610-200
Telefone: (0xx61) 3234-5481
E-mail: dicat@pcdf.df.gov.br (dicat@pcdfSEM-SPAM.df.gov.br)

Espírito Santo

Polícia Civil - Núcleo de Repressão a Crimes Eletrônicos (NURECCEL)
Endereço: O Núcleo funciona do edifício-sede da Chefia de Polícia Civil, 2º andar, localizado na Av. Nossa Senhora da Penha, 2290 – Bairro Santa Luiza – Vitória/ES, ao lado do DETRAN.
Telefone: 0xx027 - 3137-9078 ou fax 0xx027 - 3137-9077
E-mail: nureccel@pc.es.gov.br (nureccel@pcSEM-SPAM.es.gov.br)
WebSite: http://www.pc.es.gov.br/nureccel.asp

Pará

Polícia Civil - Delegacia Virtual
WebSite: http://www.delegaciavirtual.pa.gov.br (http://www.delegaciavirtual.pa.gov.br/)

Pernambuco

Polícia Civil - Delegacia interativa
WebSite: http://ww8.sds.pe.gov.br/delegaciaintera…

Nos Estados da Federação onde não houverem delegacias especializadas, procure a mais próxima da sua residência.

Fonte(s):


Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

A fórmula da hipocrisia

A Fórmula E por aí vai esse processo de coar e engolir. Coar e engolir. Coar e engolir (…). As máscaras da hipocrisia tapam para que os outros não vejam os seus próprios erros. Cobram para não serem cobrados. Requerem para não serem requeridos. Acusam para não serem acusados. Essa é a fórmula da hipocrisia: coar mosquitos e engolir camelos. Nas mãos possuem um pequeno coador que investiga os erros dos outros. No estômago, milhares de camelos, frutos das suas faltas pessoais. O coador filtra os mínimos pecados alheios. A garganta, que é o coração, observa a passagem de uma manada dos seus pecados. Como atores profissionais têm a capacidade de interpretar, fingir, enganar e até chorar se necessário. As máscaras demonstram homens ideais e mulheres perfeitas. Cuja aparência é digna de prêmio de integridade. Porém, chega o momento em que o camelo “entala” nas gargantas. A máscara é removida, quando não estilhaçada. Vislumbra-se, então, o ser humano na sua essência: Arrogância, infidelidade, …

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…