Pular para o conteúdo principal

Porque preferimos as mulheres chatas.

Ontem a noite estava conversando com a fotita, quando ela disse. “tipo roupa suja por todo lado, tenis no meio da sala, toalha em cima da cama essa bagunça eu nao gosto”

Eu pensei, ela é certinha, porem, é chata pra kramba. ahahaha Outra coisa que percebi, as mulheres pensam que somos videntes. Temos sempre que adivinhar o que elas estão pensando.

Exemplos, entrevistas e crônicas relacionadas a mulher chata.

Eu implico - "Toda mulher é meio cricri, quer sempre as coisas do jeito dela, embora os homens também não ajudem. No começo, quase transformei nossa vida num inferno. Meu marido é superbagunceiro, eu arrumava, ele desarrumava, eu brigava. Com o tempo, vi que, se fosse implicar com tudo, viveríamos em guerra. Então relaxei um pouco. De tanto ser infernizado, ele também melhorou. Encontramos um ponto de equilíbrio... mas que desequilibra até hoje nos meus cinco dias mensais de TPM. Fico insuportável, invoco com tudo. Mas ele acaba dando risada, porque sabe que é uma fúria passageira."Renata de Paiva, 32 anos, advogada, casada há quatro anos com Ricardo de Paiva, 46 anos, engenheiro


Eu fico emburrada - "Quando eu fico mal e digo que não tenho nada, meu marido sai do sério. Rogério sempre argumenta que é melhor eu falar, que conversando a gente se entende. Mas mulher tem mania de querer que o homem adivinhe seus sentimentos. Recentemente levei a maior dura. Ele pegou um projeto profissional grande e passava a noite em frente ao micro. Achei que ser trocada pelo computador era demais. Toda hora o chamava para me ajudar, inventando desculpas para ficarmos juntos. Até que ele estourou: 'Estou precisando de um tempo para mim, será que dá para respeitar?' Foi um chacoalhão absolutamente merecido. Parei na mesma hora." Jovelina Nascimento Martins Salcedo, 32 anos, supervisora de vendas, casada há nove anos com Rogério Salcedo, 32 anos, bancário.


Eu falo demais - "Admito que extrapolo! Às vezes ele quer dormir e eu estou lá, puxando assunto. Se percebo que cochilou, cutuco: 'Você não vai me deixar falando com as paredes, vai?' Outro problema: faço um inventário de todas as nossas brigas anteriores cada vez que iniciamos uma nova discussão. Sou de Escorpião, sabe? Não perdôo facilmente. Fico remoendo as coisas e, quando o sangue ferve, coloco tudo para fora. Meu marido ouve quieto, mas percebo que se ressente. Por causa disso, nosso casamento quase acabou há dois anos. Hoje faço um esforço danado para pensar antes de falar. Não é nada fácil." Sandra Alves de Souza, 45 anos, casada com Antonio Zani, 50 anos, representante comercial


"mas toda vez que falo em sair de casa ela chora esperneia e tc,passo por isso e muito mais,nossa primeira briga ocorreu depois de trez meses de casados,eu derrubei suco na geladeira sem querer,ela saiu do quarto e veio cozinha gritando e eu fiquei sem reação,não era acostumado com tanta ingnorancia assim……mas nao podia separar ela tava gravida,minha filha nasceu e decidi viver com ela pra poder dar uma boa educação pra minha o oposto que a minha mulher recebeu…ela tem hoje 7 anos e da indicio que vai ser igual a mãe dela..socorro!!!! oque eu faço:separo?fujo?morro?eu to perdinho da silva..."


resposta:o melhor era vc ter visto tua sogra antes de se casar com sua mulher!!! as mulheres tem tendencias de ficarem igualzinhas suas mães!!!!
tome por exemplo sua filha, se ela ficar muito perto da mae vai acabar ficando igualzinha!!!
vo te dar um conselho ótimo,manda ela para sc assim ela se casa com minha ex namorada , com certeza os dois vao dar um par e tanto dois chatossssssss
Perolas do yahoo(http://www.perolasdoyahoorespostas.com.br)



Aí veio a Amanda. Ela não gostava quando eu divagava com outros motoristas no trânsito, ordenava que levantasse o vidro, se assalta muito a essa hora. Odiava meu gorro verde musgo, os sobejos de algodão que acumulavam no meu umbigo, minha camisa de flanela xadrez que muito tomava cuidado pra usar com jeans básico. Não esperei muito pra perceber. Ela era chata.

Troquei pela Gabi. A Gabi detestava a atenção simpática que eu dispensava aos nerds, losers ou qualquer um marginalizado dos círculos sociais que ela achava que pertencia. Não gostava quando eu não dizia nada romântico encarando o sol se pondo. Se chateava se eu engatava nos trenzinhos de festas populares, se soltava um riso alto no meio restaurante, se fazia piadas com a cortadora de frios na padaria. Bye, bye, so long Gabi, sua chata.

 Foi que surgiu a Juliana. Essa sim, garota dos meus sonhos. Ela só não gostava que eu tomasse vermute com seu avô ou se dava conselhos amorosos pra sua irmã menor. Nem sob tortura dormia melecada depois do sexo. Cinco fodas, cinco banhos. Aliás, fazer sexo de manhã, nem sob decreto presidencial. Algo sobre fungos. Não achava legal eu carcomer o courinho em volta da unha roída, comer ovo mexido no café, tampouco tomar café. Beba chá, meu amor. Chata.

A Andreia, ah!, a Andreia. Cada vez que meus amigos chegavam lá casa pra assistir, sei lá, Grêmio e Aimoré, ela fazia cara de 11 de setembro. Nem eram tão altos os gritos e os puns. Achava Beatles velho e chato, mas escutava as sinfonias do Beethoven em ordem numérica. Dia em ordem crescente, outro decrescente. Não gostava quando eu trocava sms, se deixava dvds espalhados no chão, quando acordava calado e permanecia calado. O chinelo do rei momo não era tão chato.

 Então a Luíza, enfim um relacionamento maduro, com problemas de gente grande. Meus amigos se tornaram apenas beberrões, intelectualóides e misóginos, inventa uma desculpa, meu amor. Quero falar sobre isso, quero falar sobre aquilo, vamos resolver. Beibe, se meia hora de chupada não resolver isso, tchau. Se incomodava com minha falta de energia e calor. Tinha ciúme do meu saco escrotal, ele ganhava cafuné, ela não. Chata era um apelido bem carinhoso.

 Bem, levei a Carla pra jantar, na tentativa derradeira. Qualquer lugar, menos churrascaria. Sugerir Burger King é eutanásia. Pizza nem pensar, olha o carboidrato. Rodízio de massas? Não ouviu sobre o carboidrato "morzim"? Só bifes? Eu lá sou tigre, por acaso? Sushi é peixe cru, né? Ou seja, qualquer lugar onde não precisasse de um prato auxiliar para separar cebola, ervilha, aspargo, bacon, salsa, chicória e todos os frutos do mar. Hospital municipal tá bom, coraçãozinho?

Aí, fui escrever um texto sobre isso e topei com a tradução de pleonasmo. Sabe, redundância? Repetição de uma ideia na mesma frase? Descer pra baixo, hemorragia de sangue, vi com os meus próprios olhos, mulher chata. Não fosse pelo Aurélio, ainda não teria entendido o destino de quem não gosta de mulher chata. Casar-se com o melhor amigo.
By Escritor Gabito Nunes (Publicitario e Gaúcho)



Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

Mulheres preferem homens peludos ou depilados?

"Peito depilado parece estar virando moda entre os homens, mas do que será que as mulheres gostam mais? É impressionante, mas parece que os homens peludos sumiram. O motivo? Depilação. Com cera, com laser, com barbeador... Afinal, como tudo nesse planeta, depois de aparecer na televisão, a moda ganha as ruas rapidinho. E quase não se vê mais atores descamisados exibindo um peito cabeludo. Mas, afinal, o que as mulheres preferem?

Algumas preferem os peludos...


Entre as mulheres procuradas pelo iG, a maioria garante que prefere os que mantêm os pelos. “Eu gosto de homens peludos. No peito é muito bom”, diz Alexandra Muniz. “Dois tipos de caras depilam. Os atletas e os marombados, para exibir os peitos de pombo”. A gerente comercial de web, de 27 anos, acha o visual lisinho coisa de mulher. “O pelo dá uma idéia de masculinidade, de conforto. Deitar a cabeça em um homem lisinho é como estar deitada com uma mulher”, brinca ela, que alerta: “Não é que eu gosto do tipo Tony Ramos, viu!”.…

Macumba? Um atraso de vida e de morte.

Zé Pilintra aprova Macumba. Saravá meu pai ê-ê!
Este artigo é piada de macumbeiro.
Nota: Tiramos olho-gordo sem uso de colírio diet. Macumba prática, é só adicionar água É só relaxar e gozar!
Marta Suplicy sobre Macumba
Se macumba desse certo, campeonato Baiano terminava empatado
eu sobre macumba
Se Macumba fosse boa, não se chamaria Macumba! Se chamaria Boacumba!!!
Bispo da Igreja Universal do Reino de Deus sobre Macumba
Isto non ecziste!!!
Padre Quevedo sobre Macumba
Vodu é pra Jacu!
Pica-Pau sobre Macumba
Zi zinfio deixa fango cum faofa na cazi di Pai-Gordo que em 7 dias zi pai resorvi
Pai-Gordo sobre Macumba
Depois de pôr o frango 7 minutos no forno, fica HUMMMMMM! Acorda, menina!!!!!!!!!!
Ana Maria Braga sobre Macumba
Ganhei a presidência assim
Fernando Collor sobre Macumba
EuX TeNhu MeDiNhU DiXxUU!
Emo sobre Macumba
É coisa do demônio!!!
Igreja sobre Macumba
U cão foi quem butô pa nóis bebê!
Jeremias José sobre Oferendas de Macumba
Você traiu o movimento Candomblé , véio!
Dado Dolab…