Pular para o conteúdo principal

Você é uma pessoa manipulada?

Nao confundir manipuladas com "MARIONETES"


1 - Em primeiro lugar, recuse-se terminantemente a admitir a possibilidade de que esteja sendo utilizado pelo sistema para servir os interesses pouco escrupulosos de uma minoria. Reaja com raiva e aos pontapés a qualquer insinuação de que você seja uma pessoa influenciável!
 
2 - Encha-se até cair de cerveja, whisky, caipirinha e outras porcarias mais. Não se esqueça de encher também os seus pulmões de fumo e, o que é mais arrojado ainda, o seu nariz de pó! Mostre ao mundo o quanto é corajoso por não temer destruir-se. E, principalmente, evite ao máximo pensar que um dia terá de pagar bem caro por todos esses prazeres...
 
3 - Desperdice o seu tempo à vontade, mesmo sabendo que ele jamais voltará, ficando com a cara na frente da televisão durante horas a fio. Desligue-se do ambiente familiar! Afinal, o diálogo com o seu cônjuge e com os seus filhos não é mais importante que a novela das seis... e das sete... e das oito! Ah, elas são imperdíveis!... e o Big Brother então... Obrigue as pessoas conhecidas que o visitem nesses horários a assistirem consigo os seus programas predilectos. Faça-as esquecerem-se daquilo que foram fazer na sua casa. E no caso de telefonarem, despache os intrusos secamente, batendo o aparelho no gancho com imprecações. Afinal, $#$%*, que seca, esse povo não assiste novela?!
Outra opção incrível para desperdiçar o seu tempo é atirar conversa fora. Converse coisa sem coisa, alhos e bugalhos, cobras e lagartos. Faça mexericos e afirmações sobre tudo e todos sem ter certeza de nada. Cuide só da vida alheia, esquecendo-se da sua. E se, por um imprevisível acaso do destino, a conversa resvalar para assuntos sérios, não perca a oportunidade de gozar deles!
 
4 - Distraia-se das mais variadas formas, porque quanto mais distraído, melhor! Aqui, novamente, a televisão poderá prestar-lhe grandes serviços. Mas não se limite apenas às novelas e ao Big Brother: assista também a muitos filmes enlatados, de violência ou de terror; ou, ainda, acompanhe passo a passo o maior número possível daqueles tão populares programas de auditório. E que tal navegar madrugadas inteiras pelas páginas mais bizarras da internet, aqueles de cartomantes, numerologia, quiromancia, procura de parceiros conjugais, ou até mesmo os mais picantes, como os pornográficos? E ainda existem aqueles jogos incríveis de computador, esqueceu-se? Ou então, se preferir, os de cartas com os/as amigos/as, claro, tudo à base de "ganzás"...
Além disso, pode passar horas íntimas viajando com excitantes e excitáveis revistas cor de rosa, ou lendo as que mexericam a vida dos artistas e de todas as que se encontram semanalmente nas livrarias. E saiba que existem vários outros meios de distracção (Ah, isso é o que o sistema mais oferece!), como clubes, bilhar, discotecas, disneylândia, excursões, centros comerciais, cinemas, restaurantes, e milhões de muitas coisas mais...
Música? Sé se for da tiazinha, da coisinha ou da garrafinha,(esse texto eh um pouco antigo, agora jah deu o CRÉU) ou então bandas sonoras de novelas. Canções com letras capazes de fazê-lo reflectir por um instante... nem pensar! São uma seca!
 
5 - Engorde à vontade! Afinal, dieta é mania de modelos e manequins! Seja um frequentador assíduo dos fast foods , consumindo mac-sandes-montanhas, batatas fritas com ketchup, refrigerantes, churrasco com bastante gordura, feijoadas, doces e mais doces... Seguindo esta dica à risca, engordará não só o seu corpo, mas também as contas bancárias dos milionários empresários da indústria da carne e das redes de franchising...
Recuse-se a preparar os seus próprios alimentos, preferindo os enlatados e os congelados. E na altura em que sentir uma enorme energia negativa dominar o seu ser, manifestando-se em forma de irritações, depressões e outros contras, negue veementemente que a causa do seu mal estar possa estar minimamente relacionado com a sua péssima escolha alimentar.
 
6 - E se for pressionado pelo seu espelho a emagrecer, apele aos célebres medicamentos milagrosos destinados a esse fim . Eles farão o seu apetite desaparecer como por encanto, juntamente com... a sua saúde! Mas isso não importa, certo? Os fins justificam os meios! Depois engorde tudo novamente. E nada de interromper este processo de efeito sanfona do engorda-emagrece-engorda .
Ou então venda a sua casa para poder custear a sua hospedagem num caríssimo SPA! Lá também são ministrados esses medicamentos que tanto aprecia...
E há também a alternativa de seguir uma daquelas aborrecidas dietas propostas por artistas e atletas famosos. Não será difícil encontrá-las: basta ligar a televisão ou folhear algumas dessas revistas semanais que dão prioridade máxima aos anúncios.
 
7 - Depois de passar vários anos abusando das sua saúde e enchendo-se de doenças, torne-se um consumidor habitual de medicamentos, fazendo desse consumo um vício: os cofres da indústria farmacêutica globalizada agradecerão! Tenha na sua casa uma gaveta cheia de comprimidos e tome vários durante o dia: um para dormir, um para se levantar, outros para curar as dores de cabeça, azias, indigestões, colites, úlceras, etc.
 Tome mensalmente uma bateria de antibióticos contra doenças do sistema respiratório já há tanto tempo poluído pelo esfumaçar constante do cigarro. E lembre-se: o importante não é combater a causa do desgaste do organismo, mas sim fazer desaparecer, por alguns fugazes momentos, os efeitos decorrentes dos estragos!
 
8 - Acredite em tudo o que é relatado na comunicação social. Descarte a possibilidade de que as notícias, antes de chegarem ao público, sejam "seleccionadas" ou, até mesmo, deturpadas, para chegar ao público de acordo com interesses internacionais.
Sintonize a sua televisão naquela emissora do jornal nacional, todos os dias depois do jantar, e aguarde as notícias que podem mudar a sua vida. Sente-se e espere... sentado!
 
9 - Transforme o seu filho num marginal. Deixe-o, desde bastante novo, aos cuidados de uma educadora electrónica, assistindo à televisão e/ou brincando com jogos de computador durante todo o dia. "Eduque-o" com base no faz o que eu digo, mas não faças o que eu faço.
Além disso, minta bastante às pessoas à frente dele, justifique os seus erros em vez de os admitir e habitue-se a despejar todas as suas tensões do dia sobre a cabeça da criança até ela ficar igualzinha a si. Depois, quando ele já estiver bem tonto e confuso, inicie uma maratona pelos consultórios dos principais psicólogos da cidade a fim de tentar descobrir a causa de tão triste estado.
E quando ele atingir a adolescência, faça vista grossa ao seu interesse precoce pelo sexo, estimulado por novelas, filmes e revistas para "adultos". Agindo assim, muito cedo, certamente que o seu filho poderá lhe fazer diversas surpresas, como dar sinais de desvios sexuais de toda a espécie, contrair doenças sexualmente transmissíveis, ou então, na melhor das hipóteses... dar-lhe um neto!
 
10 - Esteja sempre na moda. Imite as personagens das novelas da televisão em tudo: na conduta superficial, fútil e leviana, e, principalmente, na promiscuidade. Seja infiel, nunca se comprometa e seja liberal ao máximo. Afinal, vale tudo! Adopte os calões e sotaque dessas mesmas personagens, os seus tiques, os seus olhares e trajes até não conseguir saber quem você é! Além disso, leia todos os livros de "magos" para se poder auto nomear uma pessoa espiritualizada, e sentir-se, ao mesmo tempo, um intelectual. E também todos os de "neuro-linguística", auto ajuda e de pensamento positivo, convencendo-se a si mesmo de que é um grande vencedor! Mas, sobretudo, não deixe de fazer psicoterapia para conseguir viver dentro deste grande hospício, em que a maioria das pessoas, pode crer, está igualzinha a si...
 
11 - Seja um fanático. Em primeiro lugar, por futebol, ficando o domingo inteiro a assistir jogos pela televisão ou então ao vivo, nos próprios estádios. Torça, grite, esperneie à vontade. E não se esqueça de ameaçar de morte os apoiantes da equipa oposta à sua. Seja fanático também pelo carnaval, gastando todas as suas economias em fantasias...
 
12 - Seja um consumista compulsivo. Compre tudo o que vê pela frente, satisfaça todos os seus desejos, gaste todo o seu dinheiro com supérfluos, novidades electrónicas, roupas... Esqueça as suas necessidades, as prioridades e a prudência.
 
E, finalmente, vivendo em permanente estado de distração, embriaguez e entorpecimento, finalmente tornar-se-á apto em ser um perfeito idiota. Estará no ponto para ser manipulado e usado. Estará colocando as suas energias, a sua saúde e o seu dinheiro ao serviço dum plano infeliz, desumano e... sinistro.

Texto original retirado do anuário brasileiro Humanus e publicado no website Econac 

Comentários

  1. Bem, se conseguirmos resistir a esses itens somos menos manipulados! Dá que pensar.

    Belo texto.

    Beijos
    Luísa

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso texto meu amigo! A maioria das pessoas passa o tempo todo sendo manipulada pelas "verdades sociais" e se esquecem de suas próprias verdades internas, que nem sempre são agradáveis. Passa-se mais tempo preocupado com o "rabo" dos outros que esquecem de olhar o seu próprio. Enfim passam mais tempo intertidos com o mundo externo que se esquecem que seu interior pode ser rico se for aceito e que sua vida não se resume ao que querem que você seja ou faça.
    Vamos deixar de nos deixar manipular, seja pelo que for, ou por quem for. Tenhamos força e opinião para entendermos o outro, mas não para transformá-lo em Deus, tenhamos coragem de dizer te entendo mas não necessáriamente concordo. E principalmente tenhamos coragem de ter opinião própria!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  3. Saudações!
    Que Post Fantástico!
    Amigo DIEGO, somente a título de sugestão aqui vai alguns nomes para esses itens elencados, “Como Produzir Um Monstrinho”, ou “Como se Transformar no Robô”, ou “Manual da Raça Robótica”.
    Parabéns pelo excelente texto!
    Ótimo Post!
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  4. Olá querido amigo Dieguito,

    Parabéns pelo excelente texto postado.

    Dicas especiais de tudo aquilo que NÃO DEVEMOS FAZER"

    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir
  5. Não me considero uma pessoa manipulada, ao contrário... Creio ser manipuladora rs, mas só um pouco!

    Vim te visitar, seu reino continua encantando...

    ResponderExcluir
  6. Olá Diego,

    Nem no futebol, nem na politica, consigo ter ilusão de minhas escolhas são as melhores. Longe de pensar que a manipulação está nas grande coisas, também está nos pequenos atos e atitudes.

    Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…

A fórmula da hipocrisia

A Fórmula E por aí vai esse processo de coar e engolir. Coar e engolir. Coar e engolir (…). As máscaras da hipocrisia tapam para que os outros não vejam os seus próprios erros. Cobram para não serem cobrados. Requerem para não serem requeridos. Acusam para não serem acusados. Essa é a fórmula da hipocrisia: coar mosquitos e engolir camelos. Nas mãos possuem um pequeno coador que investiga os erros dos outros. No estômago, milhares de camelos, frutos das suas faltas pessoais. O coador filtra os mínimos pecados alheios. A garganta, que é o coração, observa a passagem de uma manada dos seus pecados. Como atores profissionais têm a capacidade de interpretar, fingir, enganar e até chorar se necessário. As máscaras demonstram homens ideais e mulheres perfeitas. Cuja aparência é digna de prêmio de integridade. Porém, chega o momento em que o camelo “entala” nas gargantas. A máscara é removida, quando não estilhaçada. Vislumbra-se, então, o ser humano na sua essência: Arrogância, infidelidade, …