Pular para o conteúdo principal

Até onde a sinceridade assusta?

Incrível como você ser REALmente transparente e sincero nessa vida você é taxado de rebelde, estúpido e louco.
Conversando com uma amiga no MSN ontem, falamos sobre o diHITT, e entramos no assunto da TREVA (ranking). Eu expliquei que não teria como eu chegar no primeiro lugar. E ela me intervém respondendo que isso não era verdade. Só que expliquei o porque da tal afirmação. Estou lá praticamente 1 ano. E todos que me recepcionaram que já eram da casa há mais tempo, já provaram como é chegar ao topo (Treva). Rotulei como “TREVA” Porque tudo que é de picuinha, intrigas e até bate boca (logicamente que virtual viu?) era pelo banal e fútil primeiro lugar VIRTUAL naquela rede.
Mas fazer o quê? Ficar estressado, sem dormir e sem comer por intrigas virtuais? Me poupe! Não importa onde estejamos; aonde vamos, sempre encontraremos pessoas difíceis no caminho, até mesmo na internet. O encontro com elas é inevitável. Veremos pela frente pessoas chatas, negativas, birrentas ou, simplesmente pessoas que não gostam da gente. Ou de gente.
Voltando a “treva”. Quem me conhece e me acompanha, sabe que estou ali presente votando, comentando e criticando todo dia. E o retorno que eu tenho do diHITT é esse:Quanto mais eu voto e comento em artigos que eu considero interessante, meus pontos vão caindo. Isso quer dizer que as postagens que eu comento e voto nao tem valor? Xiii, estão vendo só meus amigos. São nas suas postagens que eu voto e comento.E a explicaçao disso tudo se deve apenas a administraçao da rede. Será que a rede não vai com a minha cara? E se for, apenas me suporta. E se ainda nao me retirei de lá, é que existem pessoas que fazem valer a pena minha permanência, não contando somente a amizade, mas tambem o conteudo que tem as suas respectivas postagens.

Transparência. De como as pessoas deveriam ser mais transparentes na forma como é, como sente, como pensa. Você acha que expor sua vida na internet é uma transparência? Até que ponto a transparência sobrepõe a sua segurança pessoal e particular? O que é um avatar representa pra você? Falta de transparência? Depende dos casos. Você não verá transparência num IP ou ID de um perfil. Não saberá se aquela pessoa é sincera ou falsa, em casos de desconhecidos principalmente. Mas, se você já conhece aquele IP, seja no MSN, Skype, ouviu a voz, viu vídeos da pessoa e realmente relacionou a imagem aquele IP, aí sim é TRANSPARÊNCIA. Porque apenas “alguns” dos contatos que você tem, sabe como você é.
Quando comentei a minha amiga que, ser sincero é bom, mas que se pagava um preço bem caro por ser assim. Sempre fui desse jeito, transparente. As pessoas sempre sabiam como eu me sentia, como pensava. E quem me conhece, um avatar irá fazer diferença?
Eu sou o único que permanece com o avatar do Jack do seriado Lost em meu perfil. E não serei eu mais um do gado a seguir um rebanho que não me apetece. Sou desobediente mesmo e admito. Não sigo regras dos outros.

Verdade! Falar a verdade. Não é assim que deveria ser? Quase sempre fui assim, emitindo minhas opiniões baseada no que eu acreditava e no que via. Não é sair gritando, falando firme como Senhor da verdade, se bem que não sou daqueles que dá mil voltas para dizer algo, sou direto e muitas vezes isso é visto como estar brigando. As coisas que digo, digo ou escrevo de forma simples. Sim, simplesmente expresso minha opinião. Não sou de ficar usando palavras processadas de livros de doutores, eu uso as minhas que vem direto da alma e do coração. Se gosto, gosto, se não gosto , não gosto. Se me incomoda, me incomoda, se não... Se sou a favor, sou.. Se sou contra... qual o grande problema? Por que se tem que dar tantas voltas, ver flores onde não existe jardins ou fazer de conta que não é bem assim?
E aí vamos vendo as pessoas criando personagens, falando/escrevendo o que o outro quer ouvir, dando uma voltinha aqui outra ali, e "assim segue o rebanho". Mas a maioria pronta a julgar. aahhh é muito fácil julgar o próximo.. E a facilidade pra tal ato.
E eu?
Ontem à noite conversando com uma pessoa que é muito importante para mim, sobre um momento onde expressei minha opinião sobre uma situação, ela me falou o que sei muitos já pensaram e nunca falaram. Ela em alguns instantes procurando as palavras e foi falando o que ía pensando... "Diego, você fala as coisas. Vai dizendo de uma forma singela e cativante, e depois a gente pensa e vê que é verdade. Você é um ser humano que faz a gente pensar e sentir"
O que vejo é que as pessoas tentam fugir de certas verdades criando outro mundo ao seu redor...
Quer saber como a pessoa é transparente? Vai conviver com ela. Vai ver como são suas ações perante a sociedade e aos que o rodeiam.
Eu não sou sempre flor, sou espinho também quando querem me ter nas mãos.
No meu dia a dia, não sou 100% legal, ninguém é completamente legal. Conviva, e saberá.
Tenho minhas chatices, meu dia de acordar com a pá virada.
Manias? Não suporto nada em cima da pia, tal como copos sujos etc. eu reclamo mesmo. E não me incomode no meu momento mais relex e sossegado. Esse momento é quando percebem o silencio do Diego na casa, e já sabem onde me encontro. Onde? No banheiro. É onde eu curto ler.

Teve um dia que minha mãe notou que eu estava demorando alem do normal a minha leitura no banheiro.

- JUNIOR! Filho, conheço bem você e sei que nunca passou mais de 1 hora lendo trancado no banheiro. O que se passa?
- ah mãe, não perturba ta? Eu to concentrado e relaxado.
- Meu filho, existem bibliotecas nesse planeta sabia?
- Sabia mãe, e também sei que lá não existe o tal silencio que eu quero para minha concentração.
- Meu Deus! Fico me perguntando a quem você puxou. Porque pelo que eu saiba não tem ninguém na família com essas manias estranhas que você tem. Quando não é trancado lendo no banheiro, é escovando os dentes e andando pela casa. Aposto que deve ser revista de mulher pelada.

- Ledo engano seu mãe. Estou lendo a revista GLOBO RURAL de Janeiro 2010 - Número 291 sobre como criar “Tatu” sabia que com um ano de vida, os tatus já podem procriar? A gestação do tatu fêmea leva de três a quatro meses e gera de dois a quatro filhotes. Em cativeiro, o tatu consegue realizar dois partos por ano. Assim que desmamados, entre 60 e 90 dias após nascerem, os filhotes devem ser transferidos para recria em outro cativeiro ou em caixas de alvenaria de 2 metros quadrados. E aqui no meu porta revista não tem nenhuma playboy e nem erótico. Não preciso ver mulher pelada em revista. Eu gosto de ver ao vivo. E sobre não ter ninguém na família com mania estranhas, eu acho que nasci na família certa. 

- Agora tenho certeza que tenho um filho esquisito.

Às vezes, fico me perguntando por que, pra algumas pessoas, é tão difícil ser transparente? E quando falo ser transparente, to falando da transparência no sentido real da palavra... Não estou me referindo a uma pseudo-transparência que ocorre muito no diHITT com certas pessoas que somente fingem ter diante dos outros. Ser transparente não é ter falsas atitudes decentes.
Regras básicas e conhecedora de ser transparente:

Ser transparente não é ter argumentos pra justificar situações ridículas e inaceitáveis.
Ser transparente não é vestir a máscara de pessoa correta e tentar enganar os outros.
Ser transparente é muito mais do que isso.
Ser transparente e sincero é, antes de tudo, não enganar a si mesmo. É ter coragem de se expor, de ser frágil, de chorar, de falar do que realmente sente, pensa...

Ser transparente é não vulgarizar os sentimentos puros, como o amor...
Ser transparente é não dizer "Eu te amo" da boca pra fora.
Ser transparente é não dizer "eu te odeio", quando na verdade se quer dizer "você me magoou"...

Ser transparente é não fazer promessas que nunca vai poder cumprir...
Ser transparente é não se fazer de vítima das situações e, sim, assumir cada palavra dita, admitir cada gesto (por menor que seja) e cada pensamento.
Ser transparente é respeitar, acima de tudo, os sentimentos alheios.

Minha vida teria sido bem diferente e mais fácil se eu tivesse sido menos transparente e menos sincero. Se eu tivesse sabido usar aquelas "máscaras" que tantos usam de uma forma magnífica e merecedoras de Oscar. Com certeza eu teria me magoado bem menos.
“Por isso, INSISTO TANTO que deixemos explodir toda nossa transparência!
Que consigamos não prender o choro, não conter a gargalhada, não esconder tanto o nosso medo, não desejar parecer tão invencível, não impor nossas falsas verdades.

QUE CONSIGAMOS FALAR A VERDADE MESMO(doa a quem doer), que consigamos admitir nossos erros, que consigamos pedir desculpas pelas nossas faltas.
E que consigamos falar somente o que sentimos de verdade: amor ou ódio, tristeza ou alegria, decepção, orgulho...
Que sendo transparentes, possamos ser plenamente felizes... “



Espero, sinceramente, que um dia VOCÊ CONSIGA SER TRANSPARENTE E FELIZ, apesar de todo o risco e dor que isso possa significar

Dizem que nunca é tarde para aprender, não é mesmo? Então,  vou tentar aprender uma forma mais fácil de viver. A partir de agora vou guardar as verdades e a transparência. Vou me poupar. Vou dar uma olhada na prateleira da vida e escolher uma máscara e parecer ser alguém comum, agradável, politicamente correta.
E você, leitor(a). Quero a sua opinião. Eu devo mudar e fazer o que acabei de relatar, ou ser o mesmo Diego que vocês conhecem?

“Nossas atitudes escrevem nosso destino. Nós somos responsáveis pela vida que temos. Culpar os outros pelo que nos acontece é cultivar a ilusão. A aprendizagem é nossa e ninguém poderá fazê-la por nós, assim como nós não poderemos fazer pelos outros. Quanto mais depressa aprendermos isso, menos sofreremos.” Zíbia Gasparetto

Comentários

  1. Diego, sobre ser transparente, cada pessoa demonstra sua personalidade. Uns se abrem outros não. Eu prefiro quem se abre, pq o tumulo com quem vivi mostrou que os calados são os piores e mais mentirosos.

    Sobre o ranking.
    No ultimo domingo, fiquei sentada de 12:00 até 24:00 escrevendo e sobretudo comentando. Ao inves de subir eu... caí..

    Então, as teorias não são válidas e/ou existe um erro no sistema.

    Eu nada ganhei por ter ficado tão pouco tempo no 1o. lugar, e sim dor-de-cabeça.

    Eu aprendi que quanto menos ansiosos ficamos, mais sucesso podemos ter nas coisas que dedicamos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Diego,

    Hoje estás inspirado! Muito bom para o teu texto. Penso que ser transparente é fundamentalmente ser honesto consigo próprio e com os outros. As "formas" como se é transparente já considero que é do foro pessoal de cada um.

    Beijos
    Luísa

    ResponderExcluir
  3. Diego,

    Parabéns pelo belíssimo texto!

    As pessoas escondem sempre a sua verdadeira personalidade, mais a mais aqui na Internet,
    ser transparente e sincero fica além da realidade que demonstram.

    Eu sou transparente e sincero, digo o que tenho a dizer e quem não gostar que vá andando!

    Sou escorpião e basta! rsrsrsss

    Gostei muito do artigo!

    Abraços,

    FrancK

    ResponderExcluir
  4. Diego... post absolutamente verdadeiro... este é você, mostrando o que você é e pensa. Acredito que todos devamos ser transparentes na nossa forma de viver. Como disse a Luíza ali acima é fundamental ser honesto consigo mesmo, e ainda seguindo a Luíza, a forma de ser transparente é individual, cada um tem seu jeito. O seu é falar, é gritar pro mundo o que você sente e vê, e você tem força pra aguentar o tranco desta atitude!
    Outros são mais contidos, utilizam palavras diferentes das suas... usuam a transparência de maneira mais controlada. Outros ainda, fazem uso da transparência através do silêncio.
    E dentro de uma rede social acabamos conhecendo, virtualmente este jeito de ser transparente de cada um.
    Mas, existem sim, aqueles que não tem transparência, usam fortes máscaras sociais e gostam de intrigas... se olharmos bem direitinho também reconheceremos, e talvez em alguns momentos sejamos alvos... mas é diferente na vida real? Neste caso, cada um vai reagir a sua maneira...
    Meu louco amigo...você vai encontrar pessoas doces, incapazes de uma palavra dura que são extremamente transparentes e sinceros, dentro da sua característica que é a doçura.
    Você vai encontrar pessoas tristes, incapazes de uma palavra amiga, que são extremamente transparentes, dentro da sua característica que é a amargura.
    Você vai encontrar pessoas extrovertidas, que falam o que pensam (conhece alguém assim?!), que são extremamente transparentes, dentro da sua característica que é a exposição.
    E assim por diante....
    Quanto aos não transparentes, bem desde que o mundo é mundo, existem pessoas falsas, cheias de máscaras... e temos que aprender a conviver com elas, mas cada um reage ao seu jeito... o seu é colocar a boca no trombone!
    Adoro pessoas, gosto de conversar, gosto de conhecer... mas ainda dou valor ao mundo real, gosto de contato!
    Quanto a você mudar... não meu louco amigo, não mude, se você mudasse ficaria triste e amargo. Continue sendo você e sendo forte para as consequências de ser assim...Deixe apenas que a vida vá te dizendo a hora a forma e como usar de tanta transparência...
    Beijo enorme no seu coração

    Ps- quanto a chegar em primeiro lugar, não precisa, você já alcançou esta colocação em muitas ocasiões (mesmo que não gostem disso!).

    ResponderExcluir
  5. Diego,

    É uma utopia considerar que todos os que te cercam serão transparentes. Na net ou na vida, sempre haverão os que se escondem de si próprios.

    Prefiro a transparência, por isso adotei o nick de 'sincera'. Não tenho papas na lingua, falo o que penso e é assim que me conhecem. Se gostam não sei, mas não irei mascarar minha personalidade (o que considero uma violência pessoal) em prol de 'amigos' que não conheço.

    A impatia aparece logo, assim que cruzamos a primeira mensagem ou comentário e um pouco de sensibilidade (temos de sobra) já nos mostra quem é merecedor de nossa transparência.

    Uma coisa é certa: se estou sendo transparente é porque gosto da pessoa, se não gosto, passo batida. No caso do dihitt, o ranking é o que menos interessa. Não me preocupo com ele nem um pouquinho. Fico mais feliz quando leem o que escrevo e me deixam um comentário no blog.

    Se você não estivesse tão longe, certamente seríamos grandes amigos, já que me sinto exatamente como você (só não leio no banheiro), mas tenho outras manias.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Já escutei relatos de folga aqui, pra saber que as pessoas são atacadas nos bastidores dos seus blogs. É deprimente isto, alias, quem faz isto é que é.

    Quanto a você Mr. Jones, pode até ser um chato em casa (alias no banheiro da casa dos meus filhos eu coloquei uma mini biblioteca, sabia? e fica em frente ao vaso!), então, voltando ao assunto, vc pode até ter seu lado chato, mas é extremamente criativo, divertido e transparente. Sim, é sim. Já li algumas coisas que vc escreveu que me deixaram pensativa o dia todo pela profundidade da alma.

    Quanto aos outros, bem, os outros são os outros, né beinhê! Seja, pra mim, o que vc é. Que é isto é gostoso de ver.

    ResponderExcluir
  7. Diego,

    Eu não gosto de gente. Estou sendo sincero. Eu as suporto por obrigação social.
    Mas existem excessões.
    Passei momentos dificeis em 2009. Momentos em que cheguei a pensar em extremos, e quando digo extremos é porque eram extremos mesmo.
    E algumas dessas excessões eu encontrei aqui.
    Pessoas simples, rebuscadas, sofisticadas e emotivas, cada qual com suas peculiariedades.
    Vendo seus posts (seus e dessas excessões), comecei a mudar de idéia. Comecei à acreditar que existe bondade e que gosto de algumas pessoas.
    Continuo não gostando de gente, e as suportando por obrigação social.
    Mas pode acreditar que uma dessas excessões de gente que gosto, é você. E gosto exatamente por ser sincero. Não mude.

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  8. amado Diego, com todo repeito gostaria de estar pertinho de você para lhe dar um abraço bem apertado ,só tenho a dizer.. admiro o seu trabalho , continue assim ''isto é transparecia ser você mesmo'' a paz

    ResponderExcluir
  9. OLÁ GALERA
    ESTOU VISITANDO,ESTE SITE
    PELA PRIMAIRA VEZ
    ESTOU FASCINADO COM O CONTEUDO
    POIS ESTAVA EXATAMENTE A PROCURA
    DE ALGO PARECIDO
    COMO ENCONTAR GRUPOS DE OPINIOES
    E SUGESTOES ,PARABENS A TODOS
    VLW .

    ResponderExcluir
  10. Diego
    Participo do diHITT há 3 meses e confesso que usei esse período para estudar o ambiente. Constatei que não é possível entender exatamente como funciona a pontuação para ranking e notas nos comentários. Concluí que não me interessa mais tentar entender como funciona o ranking e que darei preferência em comentar diretamente no blog. As tuas notícias e o teu blog passei a acompanhar há um mês, mais ou menos. E resolvi acompanhar devido ao teu jeito direto de escrever. Gosto disso!Lembra os alunos considerados rebeldes que tenho em aula.heheheh Eles são, na verdade, os alunos pelos quais mais me afeiçoo,porque não escondem nada e falam o que pensam. Escreva o que gosta, do jeito que gosta!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Diego amigo! Mas o que foi isso que li aqui! Para ser sincera, fiquei meio tonta, tamanha foi a energia que senti neste teu texto, ou deveria dizer desabafo? Como fiquei perturbada, vamos ver se consigo fazer um comentário que faça sentido.

    O que temos aqui? Sinceridade e Transparência. Difícil para o mundo em que vivemos, onde os valores se encontram invertidos. Onde as pessoas parecem ter vergonha de serem honestas e vemos os metidos a espertos e enganadores aparentemente triunfarem.

    Mas aí entra a minha tendência a tentar compreender. Ser sincero e transparente é se expor. Quando a gente se expõe, torna-se alvo. Alguns não aguentam o tranco, e recorrem ao uso do que em Sociedade chamamos de máscara social e na internet de Perfil.

    A partir daí, alguns começam a se relacionar de uma maneira não verdadeira. O problema da máscara, é que um dia ela cai. Ninguém consegue enganar a vida toda. Mesmo na internet, basta um comentário sem cuidado, e acabamos por revelar quem realmente somos.

    Eu particularmente sempre procuro elogiar muito e criticar pouco. Jamais vou elogiar uma atitude com a qual não concorde, mas quando elogio procura fazer com ênfase, porque penso que o elogio incentiva. E procuro criticar com ternura, porque vejo muitas críticas com veemência por aí que me parecem muito pouco construtivas. Essa é a minha verdade.

    A sua, amigo, é ser exatamente como você é, um cara do Bem, que expõe suas idéias com uma certa truculência, que é amenizada e muito pelo seu excelente senso de humor. Um cara que escreve muito bem, muito talentoso, e que naturalmente se destaca, o que vai sempre desagradar quem quer muito isso e não consegue. Tenho a maior admiração pelas pessoas autênticas e consequentemente, tenho muita admiração por você.

    Quanto as trevas...rs, os meus percentuais são mais horrorosos que os seus, e eu não estou nem aí. O que sei é que os números jamais vão me dizer o que votar e o que comentar. Mas existe uma possibilidade de erro. Não sei se você reparou, mas do lado da palavra Ontem no perfil, aparece um número que está fixo no meu perfil desde que o novo sistema foi implantado. Não sei se é só comigo que acontece isso, mas não faz sentido que a pontuação de ontem seja sempre a mesma depois de tantos amanhãs...rs.

    Eita! Mais um comentário monstruoso, viu só o que você fez?

    Bjs

    Denize

    Última msg:

    Há que endurecer, mas perder a ternura jamais (isso é mais bonito em espanhol, mas o meu espanhol está enferrujado e sumiu... não lembro nem o autor, é che guevara?)

    ResponderExcluir
  12. Beleza de desabafo Diego Jr.
    Olha, se você soubesse quantos livros eu já li sentado na privada, você não acreditaria... he he he
    Amigo, eu percebi que aqui no diHITT muitas pessoas votam e não chegam a visitar a sua página. Colocam comentários apenas para marcar pontos e subir no ranking.
    Eu visito as paginas que em que o título do texto me chama a atenção, não me importa o ranking, não me importa a reciprocidade, quem me segue, segue porque o que apresento agrada. Me importa as visitas e os comentários que me ajudem a aprimorar meu blogue.
    Agora no quesito honestidade, de falar a verdade, pegunto: O que é a verdade?
    Se você acompanhar a história da filosofia, ciências, etc.., perceberá a verdade nunca é universal, sempre há teses e correntes que afirmam o contrário.
    Dependendo da sua criação, estudo, classe social, país onde vive, religião, cultura, etc, você vai ter filtros que influenciam na forma de ver o mundo, e o que você chama de verdade, pode não ser para pessoas que possuem outros filtros, e mesmo assim, ambos podem estar certos dentro do prisma de cada um.
    Abraços e Boa sorte

    ResponderExcluir
  13. Diego,

    Sei que cheguei atrasada (como sempre), mas cheguei e, simplesmente, adorei o que escreveu.

    Muitas vezes, também me questiono sobre ser tranparente demais, e fico pensando que não deveria me mostrar tanto, e usar alguma óu algumas máscaras, de acordo com a situação. Mas nós não podemos nos enganar meu amigo, se nascemos assim, dificlmente iremos mudar.

    Desde que me conheço por gente eu sempre fui muito autêntica em tudo que faço e em tudo que falo, e não tenho medo de me mostrar, pois minha vida é linda, e eu sempre tive orgulho da minha vida, da minha família, e não preciso esconder isso de ninguém.

    Infelizmente, encontramos muitas pessoas usando diferntes socapas, e nos deixamos enganar por sermos transparentes demais e acreditarmos nas pessoas.

    Eu, aos poucos, estou aprendendo a lidar com esse tipo de gente, e a desconfiar mais, ser um pouco mais esperta.

    Em todos os lugares existe sempre a concorrência, e este site do dihitt não poderia ser diferente... É cobra comendo cobra... Mas acredito que a faculdade de psicologia me serviu para alguma coisa (pelo menos isso), a reconhecer as pessoas do bem sem olhar as aparências. Tem muita carinha de anjo aqui dentro que não são o que aparentam, e muitos confiam nessas pessoas e acabam se dando mal.

    Eu consegui perceber isso a tempo, e não me engano mais com essas pessoas, e prefiro, simplesmente, excluí-las, da minha vida, mesmo tratando-se de uma vida virtual... hehehe

    Mas, em tua homenagem, retornei ao meu avatar de Julia Roberts... Não posso perder minha boquinha neste elenco não é?

    Meu querido amigo, saiba que mesmo que virtualmente, eu te gosto muitão, e pode contar comigo sempre. Esteja certo disso.

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  14. Olá sr Jones, nossa como estou atrasada na leitura de blogs, meu computador anda horrível, mal está dando pra escrever meus posts.
    Então realmente, todo mundo deveria ser mais transparente, tem gente que haje um jeito ou esconde sua opinião pra fazer "graça pros outros"; acho errado, devemos ser sinceros doa a quem doer.
    É claro que a sinceridade tem seu preço; quantas pessoas já magoei com ela, mas acho que o que doi na hora no final acaba ajudando.

    Quanto ao ranking, nem levo em consideração, acho que estar no diHITT é trocar informações e conhecer novas pessoas e blogs.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Seu link foi publicado na Linklândia!

    Parabéns e obrigado por contribuir!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

A fórmula da hipocrisia

A Fórmula E por aí vai esse processo de coar e engolir. Coar e engolir. Coar e engolir (…). As máscaras da hipocrisia tapam para que os outros não vejam os seus próprios erros. Cobram para não serem cobrados. Requerem para não serem requeridos. Acusam para não serem acusados. Essa é a fórmula da hipocrisia: coar mosquitos e engolir camelos. Nas mãos possuem um pequeno coador que investiga os erros dos outros. No estômago, milhares de camelos, frutos das suas faltas pessoais. O coador filtra os mínimos pecados alheios. A garganta, que é o coração, observa a passagem de uma manada dos seus pecados. Como atores profissionais têm a capacidade de interpretar, fingir, enganar e até chorar se necessário. As máscaras demonstram homens ideais e mulheres perfeitas. Cuja aparência é digna de prêmio de integridade. Porém, chega o momento em que o camelo “entala” nas gargantas. A máscara é removida, quando não estilhaçada. Vislumbra-se, então, o ser humano na sua essência: Arrogância, infidelidade, …

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…