Pular para o conteúdo principal

Queixos largos femininos são vistas como mais infiéis



Foto: Reprodução Abril.com

Mulheres de queixos mais largos são vistas por homens como mais propensas a ser infiéis, sugere um estudo de universidades dos Estados Unidos e Canadá.

Segundo os pesquisadores, essas mulheres seriam sexualmente mais ativas e, ao mesmo tempo, menos atraentes para homens que buscam uma relação estável.

A pesquisa, publicada na revista especializada Personality and Individual Differences, foi feita com base em entrevistas realizadas com grupos de mulheres e homens.

As mulheres foram questionadas sobre seus hábitos e fantasias sexuais. Os homens receberam fotos dessas mesmas mulheres e as classificaram pelo potencial de serem vistas como parceiras estáveis.

Os resultados indicaram que as mulheres com queixos mais largos são sexualmente mais ativas do que as de queixos mais delicados. Os pesquisadores concluíram também que, para os homens, as mulheres passam uma imagem de serem pouco confiáveis e que, por isso, estariam menos propensas a serem consideradas como parceiras estáveis.

Testosterona

Queixos largos em mulheres são freqüentemente vistos como sinais de altos níveis do hormônio masculino testosterona, presente em diferentes quantidades em todas as mulheres.

Os altos níveis do hormônio também explicam o comportamento sexualmente mais agressivo - comparável ao dos homens - em certas mulheres.

Segundo os cientistas, a tendência vista nos homens de rejeitar mulheres com queixos maiores por medo de serem traídos seria uma reação ligada ao desejo evolutivo masculino de ter uma parceira que produza filhos de apenas um pai.

"As descobertas são importantes para demonstrar que as percepções que os homens têm das mulheres como parceiras desejáveis e confiáveis a longo prazo podem ser colhidas na observação dos traços faciais delas", diz o estudo.

"Os resultados sugerem que a informação sobre a disponibilidade sexual de uma mulher, que é relacionada ao risco de infidelidade, pode ser potencialmente mostrada pela masculinidade do rosto feminino."

Segundo Lorne Campbell, uma das psicólogas que participou do estudo, "é difícil esconder características físicas, como as faciais, que são parcialmente governadas pela testosterona e são ligadas ao histórico e atitudes sexuais de uma pessoa".

"A pesquisa é a primeira de que temos conhecimento a sugerir que uma aparência facial mais masculina em mulheres pode mostrar sua disponibilidade sexual e talvez sua qualidade como parceira de longo-prazo", disse ela.

Fonte: BBC

Comentários

  1. Desejo que neste Natal, antes de você perceber Jesus nas luzinhas que piscam pela cidade, você O encontre primeiramente em seu coração.
    E, à frente de qualquer palavra que expresse seu desejo de um feliz Natal, O encontre em suas ações.

    Que você O encontre não só na alegria que sente ao sair das lojas com presentes para as pessoas que você ama, mas também na feição triste da criança abandonada nas ruas, na qual muitas vezes você esbarra apressadamente.

    Que você encontre Jesus no momento em que pegar nas mãozinhas delicadas de seu filho, lembrando-se das mãozinhas pedintes, quase sempre sujas de calçada, que só sabem o que significa rudeza.

    Que você O encontre no abraço de um amigo, lembrando-se dos tantos que só têm a solidão como companheira.

    Que você O encontre na feição do idoso da sua família, lembrando-se daqueles que tanto deram de si a alguém,
    e hoje são esquecidos até pela sociedade.

    Que você O encontre na lembrança suave e sempre viva
    daquela pessoa querida que já não está mais fisicamente ao seu lado, lembrando-se daqueles que já nem se recordam mais quem foram, enfraquecidos pelo vazio de suas vidas.

    Que você encontre Jesus na bênção de sua mesa farta
    e no aconchego de sua família, lembrando-se daqueles
    que mal alimentam-se do pão e sequer um lar têm.

    Que você O encontre não apenas no presente que troca,
    mas principalmente na vida que Ele lhe deu como presente.

    Que você lembre-se, então, de agradecer por ser uma pessoa privilegiada em meio a um mundo tão contraditório!

    Que você também encontre Jesus à meia- noite do dia 31 e sinta o mistério grandioso da vida, que renasce junto com cada ano.

    Então festeje...festeje o ano que acabou não apenas como dias que se passaram, e sim como mais um trecho percorrido na estrada da sua vida!

    Festeje a alegria que lhe extasiou e a dor que lhe fez crescer!

    Festeje pelo bem que foi capaz de fazer
    e pelo mal que foi capaz de superar!

    Festeje o prazer de cada conquista
    e o aprendizado de cada derrota!

    Festeje por estar aqui!
    Festeje a esperança no ano que se inicia, no amanhã!

    Festeje a vida!
    Abra os braços do coração para receber
    os sonhos e expectativas do ano novo.
    Rodopie...jogue fora o medo, sinta a vida!...

    Sonhe, busque, espere... ame e reame!
    Deixe sua alma voar alto...pegar carona com os fogos coloridos.
    Mentalize seus desejos mais íntimos e acredite: eles também chegarão ao céu.
    Irão se misturar às estrelas, irão penetrar no Universo
    e voltarão cheios de energia para tornarem-se reais.

    Basta você querer de verdade, ter fé e nunca, NUNCA desistir deles!
    E que seu ano seja, então, plenificado de bênçãos e realizações.
    Feliz Natal!

    ResponderExcluir
  2. Onde está a tabela de medidas e a fita métrica? ahahahahah

    Beijos
    Luísa

    ResponderExcluir
  3. Oi Diego, acho que a foto tinha que ser da Angelina Jolie...rs

    PS.: Ainda não estou conseguindo comentar no dihitt

    ResponderExcluir
  4. Nossa, então eu sou um poço de fidelidade rsrs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pseudolalia - Doença da mentira

Pseudolalia - Doença da mentira A Pseudolalia é uma mentira compulsiva resultante dum longo vício de mentir. A pessoa mente por mentir, perde a noção do que é verdade ou não, convence-se das mentiras como puras verdades.

A pseudolalia pode conduzir a graves distúrbios de personalidade, podendo o pseudolálico acabar por perder a sua individuação e viver num real criado imaginariamente, comportando-se duma forma difícil de contacto humano e só com tratamentos profundos poderá melhorar.

As pessoas perdem lenta e gradualmente a consciência da gravidade da doença que vão adquirindo, porque a sua realidade vai perdendo cada vez mais sintonia com o verdadeiro real. Por fim o vício de mentir é um acto inconsciente e perante a mais simples situação a fuga à verdade brota espontânea e como uma repetição compulsiva e criação de verdades inexistentes.
Mentirosos compulsivos.

Há quem diga mentiras caridosas.
Há quem minta por vício.
Há quem diga meias verdades.
E também há quem diga sempre a verdad…

A fórmula da hipocrisia

A Fórmula E por aí vai esse processo de coar e engolir. Coar e engolir. Coar e engolir (…). As máscaras da hipocrisia tapam para que os outros não vejam os seus próprios erros. Cobram para não serem cobrados. Requerem para não serem requeridos. Acusam para não serem acusados. Essa é a fórmula da hipocrisia: coar mosquitos e engolir camelos. Nas mãos possuem um pequeno coador que investiga os erros dos outros. No estômago, milhares de camelos, frutos das suas faltas pessoais. O coador filtra os mínimos pecados alheios. A garganta, que é o coração, observa a passagem de uma manada dos seus pecados. Como atores profissionais têm a capacidade de interpretar, fingir, enganar e até chorar se necessário. As máscaras demonstram homens ideais e mulheres perfeitas. Cuja aparência é digna de prêmio de integridade. Porém, chega o momento em que o camelo “entala” nas gargantas. A máscara é removida, quando não estilhaçada. Vislumbra-se, então, o ser humano na sua essência: Arrogância, infidelidade, …

A Sexualidade Precoce

Continuando a coluna polêmica, hoje a minha convidada é a MARI COSTA do blog COMO SER UM PROFISSIONAL DE SUCESSO (Faça uma visita e confira).


No mundo contemporâneo, as crianças estão começando cada vez mais cedo a descobrir a sexualidade, não aquela sexualidade que Freud afirmava que a  função sexual existe desde o princípio de vida, logo após o nascimento e não só a partir da puberdade como afirmavam as idéias dominantes,escandalizando  a sociedade repressora daquela época ,Freud delineou uma teoria da desenvolvimento psicosexual com cinco fases distintas: o estágio oral (0 - 1,5 anos) onde sua principal região de prazer é a boca; o estágio anal (1,5 - 3,5 anos) quando região de prazer se desloca para o ânus; o estágio fálico(3,5 - 6 anos) quando dá-se então conta da diferença de sexos, tendendo a fixar a sua atenção libidinosa nas pessoas do sexo oposto e culminou com a resolução do Complexo de Édipo nos meninos, já as meninas o complexo de Édipo nunca se desfaz, seguida de um perío…